Gifs animados

Dieta de baixas Calorias: Risco à saúde!

As dietas que possuem calorias muito baixas (hipocalóricas) são negativas e não devem ser seguidas. Com certeza a pessoa perde peso, porém, perderá também a saúde! São dietas que são nutricionalmente desbalanceadas (não tem todos os nutrientes que o corpo precisa). Estão por todos os lugares: internet, com amigos e até recomendadas por médicos. Estão entre as famosas "dietas da moda".

Além da pouca quantidade ingerida, as pessoas também costumam passar horas sem comer, achando que vão agilizar o emagrecimento (um mito). O indivíduo faz jejum, sente fome e entra no tão conhecido efeito sanfona (perde peso, ganha peso, perde de novo...).

EXPLICANDO MELHOR:

Existem fórmulas específicas que os nutricionistas usam para calcular um cardápio de forma adequada e segura. São elas: TMB e VCT;

TMB: é a taxa de metabolismo basal. É o mínimo de Calorias que a pessoa precisa para manter os seus órgãos vitais funcionando corretamente (cérebro, rins, pulmão, coração...) enquanto está acordada, em jejum e em repouso (ou seja, o mínimo de energia que o corpo precisa por dia). Para calcular essa recomendação usa-se a idade e o peso através de fórmulas (diferentes para homens e mulheres). Na maioria das vezes, essas dietas não fornecem nem esse mínimo que a pessoa necessita, fazendo com que o organismo funcione de forma inadequada.

VCT: é o valor calórico total. É a quantidade total de Calorias que uma pessoa usa por dia para exercer todas as suas atividades diárias. Para calcular essa quantidade calórica precisamos saber o peso, idade e atividade física (se é sedentário ou não). Também existem fórmulas diferentes de acordo com o sexo. Usamos esse cálculo para fazermos o cardápio: O valor exato do VCT para manter, mais calorias para ganhar, e menos para perder peso. Veja mais!

 

GASTO DE ENERGIA: COMO USAMOS AS CALORIAS:

Nós gastamos calorias o dia todo: para nos movimentar, respirar, fazer exercícios físicos, para a função de todos os órgãos. Também gastamos energia para digerir os alimentos, absorver e gastar os nutrientes conseguidos pelo organismo. Por isso, existe a velha recomendação de comer de 3 em 3 horas (em quantidade adequada). O metabolismo aumenta após as refeições fazendo com que o indivíduo gaste mais energia (Ficar muito tempo sem comer atrapalha a emagrecer e até a ganhar músculos). Esse aumento de gasto de energia por causa do alimento é chamado termogênese. Alguns alimentos fazer o corpo gastar mais calorias, mas, não são "milagrosos".

Enfim, é melhor ter uma dieta mais balanceada, adequada e que demore mais a emagrecer, do que comprometer nossa saúde. Devagar e para sempre é mais vantajoso do que rápido e por pouco tempo. Portanto os nutricionistas são os profissionais mais indicados para tratar a perda de peso.